Contos Escritos Meus

Recado machista!

Homem e mulher das cavernas

 

Recado machista!

 

O não é como um arame, pode virar um anzol.

 

Sempre, especialmente na época do carnaval, rola aquele meme: "Não, é não"!

 

Também se lê: "Mano respeite as minas"!

 

Etc. e tal.

 

Diz o sábio popular que "o não você já tem"!

 

Costumo dizer que o não de algumas minas é como um arame, pode virar um anzol.

 

Anzol tanto captura para o bem como para o mal, afinal o peixe morre pela boca.

 

Mas, a dica de um cara ex-feio, pobre e chato, para as minas é a seguinte:

 

- Mina não responda, se não estiver a fim, nem sim, nem NÃO!

 

A postura para afastar o inoportuno é a INDIFERENÇA!

 

É que existem uns "não" que são verdadeiros "sim"!

 

A mina diz não, mas suspira fundo!

 

A mina diz não, mas revira os olhos!

 

A mina diz não, mas sorri!

 

A mina diz não e sai olhando para traz sobre os ombros!

 

O inoportuno faz leitura corporal também e entende, então, que aquele "não" está cheio de "não convicção", que é dúbio!

 

Sendo assim, ele investe!

 

E nessa investida, aqueles nãose tornam sim, pois deixaram a porta aberta para um convencimento que acaba por ocorrer.

 

Dobrar um não é possível, tenho visto, já uma indiferença, jamais!

 

Contra a indiferença não tem argumentos!

 

A indiferença deixa o inoportuno sem saber o que fazer, sem saber o que dizer, "perdido de pai e mãe"!

 

Pior, deixa o inoportuno sem saber onde enfiar a cara!

 

É a pior vergonha que um inoportuno pode passar!

 

Com a indiferença, o inoportuno vira um "homem lixo"!

 

Portanto, fica a dica!

 

Inté,

 

Osório Barbosa

 

 

P.S.: o texto arriba se refere ao inoportuno que usa apenas palavras, violência é sempre crime.

 

Fonte da imagem: https://br.depositphotos.com.

Site Parceiro

tercio

Você está aqui: Home Artigos outros escritos meus Recado machista!