Poesia

tercio

In Poesia

Poesia: deleite-se ou delete-me (09.10.15)

 

Maraãvilhosos,

 

Poesia 3

 

Professora

 

Poesia 4   você não vale nada

 

Abraços,

 

Osório

 

POEMEMOS:

Re-verso

 

Cansada de fazer

poemas

que ninguém lê

hoje vou vestir

minhas rimas

obscenas

e me despir

pra você.

 

Autora: Sandra Regina, "Visita íntima", Reformatório, p. 85.

Sandra 2

A poeta e eu no lançamento da obra acima vistos pela lente de Osório di Maraã Barbosa, 9 anos, que ainda tem muito a aprender sobre luz e seus jogos, mas que, para isso, basta que estude, e, buscando tal finalidade, ir a lançamentos de livros já é um começo fundamental.

 

 

 

Você está aqui: Home Poesias Poesia: deleite-se ou delete-me (09.10.15)