Outros Escritos Meus

Cavalos ou homens devem puxar carroças?

 

Cavalos ou homens devem puxar carroças?

Começo por afirmar que nenhum dos dois deve ser maltratado!

Mas vejam esta foto:

 

Homemoucavalo

É aqui em São Paulo, Rua Cincinato Braga com Brigadeiro Luís Antônio e a autoria da fato é minha.

Faz muito tempo uma amiga (Carla Fanelli) disse isso:

“Logo que eu cheguei por aquelas bandas (e aqui em São Paulo), era prefeita da cidade Martha.

 Nesta cidade há uma horda de catadores de lixo, em especial os recicláveis, que geram nos demais habitantes posições as vezes conflitantes, pois, ao mesmo tempo em que recolhem o que pode ser reciclado, costumam espalhar o que sobra pelas calçadas e ruas, pois para chegarem em seus ganha pão tiveram que rasgar os sacos plásticos que os protegiam, mas depois de um, vem outro e muitos outros também, o que leva ao resultado já dito.

 A imprensa e muitos estavam em polvorosa com uma política social de grande relevo a ser adotada pela alcaide da metrópole: ‘ela iria distribuir carroças novas para os catadores de lixo da cidade, dando-lhe dignidade’.

 Eis que a Carla, que atendia um cliente no caixa, pede desculpa a este e diz em alto e bom som e tom:

 ‘Como é que pode alguém que puxa carroça ter dignidade?’

 Todos nos calamos e ela completou:

‘Carroça é, se muito, para cavalos!’.”.

(Está em: http://osoriobarbosa.com.br/node/693).

Pois é!

E os homens continuam puxando carroças!

E, o pior, com o fim de um governo mais preocupado com as causas sociais, misérias como essa retrata aumentaram consideravelmente em pouco tempo, por incrível que pareça.

São hordas de “mendigos” (pedintes) infestando a cidade de São Paulo!

É deprimente, hoje, caminharmos pela rua Augusta, por exemplo.

Inúmeras mulheres e seus filhos (?) pedindo comida!

Homens pedintes são também inúmeros!

Meu amigo Estevan Azevedo já disse algo assim: “posa de bonzinho mas não compra sanduíche do vendedor na praia”!

Confesso que gosto de ajudar as pessoas, e sempre o fiz, mas, mesmo dividindo o pouco que tenho para compartilhar, em pouco tempo, se eu continuar fazendo, estarei muito próximo aos próprios que quero ajudar.

Resumindo: não tenho condições, individualmente, de ajudar a todos que precisam e merecem ser ajudados.

E as políticas sociais?

Estão congeladas por 20 aninhos – isso não é nada para quem tem fome, não é? – e sendo podadas também!

Tudo bem! Eu sei que você não vê isso, afinal seu carro e o insulfilme dele te protegem desses males, logo, não vendo, não existe!

Será que, como diz o poeta, “um dia o morro descerá para o asfalto”?

Eu não quero isso, mas tenho muito pouco a fazer para evitar!

E você?

Gosto dos animais e os defendo, na medida do possível, pois, como os leões, sou carnívoro, mas me preocupa mais este homem que está puxando a carroça que animais como Alexia Dechamps, digo, animais como os que ela diz defender!

(http://www.debateprogressista.com.br/alexia-dechamps-para-nordestinos-calem-a-boca-pagamos-o-bolsa-familia-a-voces/).

Aliás, para ser sincero, nunca fui com a cara dela!

Mas, por enquanto, é isso!

Melhor! Um convite!

“Vamos fazer mais para que seres humanos não precisem puxar carroças?”.

Até mais,